Família J

Há famílias que parece que existem para nos lembrar o que significa, de facto, uma família. Esta é uma delas.

Tive o privilégio de os fotografar numa tarde em que o sol intenso desafiava o inverno, e fui conquistada. Foi impossível resistir à energia dos gémeos F. e M. e da a pequena C. que se entregaram com uma alegria que não nos deixa indiferentes. O F. fez-me lembrar que a infância se faz de bichos carpinteiros nos pés que nos mandam saltitar e trepar tudo. A M. espalhou a sua meiguice, tal como a C.  que em tudo é sorrisos e beijinhos, muitos beijinhos. Aliás, nesta família beijinhos não faltam, nem abraços, nem mãos dadas. E por tudo isso sente-se a força deles. A força que as verdadeiras famílias têm. Muito obrigada por me terem dado este bocadinho vosso.







Monsanto

Monsanto-1Monsanto-7

Há uma mancha verde de Monsanto que espreita na minha janela e que chama por mim. Às vezes respondo-lhe e vou até lá. Nunca me desilude: encontro sempre mil detalhes que tenho vontade de fotografar.

Monsanto-5Monsanto-6Monsanto-2

Casa é onde a tua história começa

home-1

Somos o que nos rodeia e o que me rodeia são umas paredes brancas, muita luz, plantas e cor. Uma casa onde vivem dois selvagens de quatro patas e dois de duas.

Quando se abre a porta o gato Serafim está à espreita. (Sim, cá em casa gostamos de dar nomes de pessoas aos gatos.) Serafim é amarelo como um tigre. Tem dentes afiados como um tubarão, sempre prontos a dar um dentadinha. Olhos grandes de um verde intenso que nos arrebatam e nos fazem ceder a todos os seus caprichos.

Só depois aparece a gata Alice. A Alice é tímida, e por isso, quando entram humanos ela esgueira-se para debaixo do sofá. Mas não se enganem, a doce Alice equilibra o medo com a meiguice. Dizemos, em tom de brincadeira, que é uma princesa de pantufas de brancas.

E há o João. Tão alto que é o único que chega às últimas prateleiras dos armários da cozinha. Gosta de coisas de miúdo como robots, dinossauros em PVC, jogos de computador e livros ilustrados. Colecciona discos de vinil de onde saem sons dos anos 70/80’s mas também os que acabaram de sair. O João adora recuperar móveis antigos, daqueles que parecem ter saído de um filme a preto e branco. E, trata por tu tudo o que é aparelho electrónico.

É nesta casa, a nossa selva, que nos juntamos e deixamos a imaginação à solta. E, todos juntos, fazemos coisas bonitas.

Venham daí comigo, bebam um chá e sintam-se em casa.

home-2 home-3 home-5home-11home-7home-6home-4